Justiça

Um cabo e um soldado! Após decisão do STF, Lula pede ao STJ para anular condenação e mandar ação para Justiça Eleitoral

13Leituras

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu, nesta segunda-feira (25), que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) anule a condenação do caso do triplex e mande a ação para análise da Justiça Eleitoral.

O pedido tem como base o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que decidiu enviar crimes comuns – como corrupção e lavagem de dinheiro – ligados a crimes eleitorais – à Justiça Eleitoral. Antes, os delitos estavam sendo julgados pela Justiça Federal.

Além disso, há a possibilidade de o julgar nos próximos dias o recurso protocolado no ano passado pelos advogados do ex-presidente para rever a condenação.

Os advogados de Lula avaliam que no processo do triplex há menções a suspeitas de crimes eleitorais, embora o tenha apenas mencionado corrupção e lavagem.

O caso será julgado pela Quinta Turma do tribunal e tem como relator o Felix Fischer. Também fazem parte do colegiado os ministros Jorge Mussi, Reynaldo Soares da Fonseca e Ribeiro Dantas. O ministro Joel Ilan Paciornik se declarou suspeito para julgar todas as causas relacionadas com a Operação Lava-Jato e não participará do julgamento.

Leia também

Em janeiro de 2018, 0 Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, manteve a condenação de Lula no caso do triplex e aumentou a pena para 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

Por determinação do então juiz responsável Sergio Moro, o ex-presidente cumpre pena provisoriamente na Superintendência da Federal, em Curitiba, desde 7 de abril do ano passado.

tter dela, post informando que advogados de Lula recorreram ao STJ para conseguir anulação da condenação da Lava Jato.

Segundo ela, os advogados citaram a recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que transferiu para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a competência para julgar crimes comuns, como corrupção e lavagem de dinheiro.

Fonte: Zero Hora

Redação do Jornal Liga Patriótica

Redigido pela Redação do Jornal Liga Patriótica, extraído de diversas fontes

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo