Economia

Nos EUA, Ministro Marcos Pontes rebate crítica: “Acordo para exploração da base de Alcântara não viola soberania, muito pelo contrário”

O Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) confirmou neste domingo (17) a assinatura do acordo de salvaguardas tecnológicas com os Estados Unidos — que permitirá o uso comercial da base de Alcântara —, e ressaltou que a soberania brasileira não será afetada.

Segundo o ministro, o acordo será assinado nesta segunda (18), durante visita do presidente a Washington.

É importante ressaltar que a soberania de maneira nenhuma é afetada. Esse acordo é feito em termos técnicos e não tem qualquer influência ou provocação à nossa soberania. Pelo contrário, vamos ganhar muito com isso

Leia também

Afirmou o ao deixar o hotel em que está hospedado na capital americana.

Segundo Pontes, as tratativas para o acordo estão sendo feitas há mais de 20 anos — durante o governo FHC, o Congresso barrou o texto.

  • Esse acordo está para ser assinado amanhã. Já vem sendo conversado há tempos, na verdade há mais de 20 anos esse negócio está enroscado — disse o ministro.
  • Oitenta por cento dos satélites usam peças americanas, e para que você possa lançar você tem que ter um acordo com os para garantir que você vai proteger aquela tecnologia, para ela não ser roubada ou copiada — explicou.

Alcântara é alvo de um dos poucos acordos concretos que devem ser assinados na visita de Bolsonaro aos EUA. Com ele, o poderá faturar até US$ 10 bilhões ao ano, segundo Ministério da Defesa, alugando o local para lançamentos de satélites.

Fonte: Zero Hora

Redação do Jornal Liga Patriótica

Redigido pela Redação do Jornal Liga Patriótica, extraído de diversas fontes

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo