Justiça

Moro defende transferência de líder do PCC para Brasília

15Leituras

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou na noite desta segunda-feira (25) que os moradores do Distrito Federal estão “absolutamente seguros”.

Moro destacou que a presença do traficante Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, no Presídio Federal de Brasília, não trará qualquer risco à população.

O ministro confirmou que o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), já conversou com ele a respeito de transferir o líder do PCC para outra capital:

Leia também

“É um receio um pouco exagerado. A liderança criminosa vem para um presídio de segurança máxima, onde ela fica em um sistema carcerário bastante rígido. Sem condições de, lá de dentro, controlar a atividade criminal de fora.”

Moro lembrou que não há reclamações registradas quanto à transferência do traficante para a unidade da capital:

“Existe a reclamação do governador, nós compreendemos, ela é legítima, mas o presídio de segurança máxima foi feito exatamente para isolar e absorver essas lideranças criminosas. Não podemos simplesmente não utilizar o presídio.”

Fonte: Renova Mídia

Redação do Jornal Liga Patriótica

Redigido pela Redação do Jornal Liga Patriótica, extraído de diversas fontes

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo