Justiça

Intolerância! Líder ativista LGBT mata idoso por discordar politicamente dele

260Leituras

Um idoso foi assassinado a facadas na manhã desta terça-feira (14) no bairro Boca da Barra, em Rio das Ostras. A vítima, identificada como Nery Onofre Rodrigues, de 75 anos, foi morta quando voltava de uma farmácia.

O homem apontado como autor do crime é o artista plástico e ativista político Jefferson Carvalhaes, de 26 anos. Ele foi preso no centro da cidade com ferimentos e as mãos sujas de sangue. A faca usada no crime foi deixada ao lado do corpo do idoso.

Segundo testemunhas, o acusado e a vítima tiveram um desentendimento sobre dias atrás. O corpo de Nery foi removido para o Instituto Médico Legal de Macaé.

Leia também

Histórico de desequilíbrio e crimes

O homicida já proferiu ameaças nas redes sociais contra o hoje deputado federal Alexandre Frota e o atual presidente da República Jair Bolsonaro, ambos do PSL. Além deles, o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, também foi citado.

As ameaças foram feitas pelas redes sociais no ano de 2017. Na época, Jefferson, que se declara “assexuado” e ativista político, chegou a afirmar que estupraria a esposa de Frota, mataria sua família e colocaria fogo em sua residência.

Alexandre Frota, na época ator fora do cenário político, gravou um vídeo exclusivo, pedindo que a população da região compartilhasse as ameaças a fim de que o autor fosse encontrado. Após três dias de buscas, a Polícia Militar (PM), capturou Jefferson na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), próximo a ponte de Barra de São João, distrito de Casimiro de Abreu.

Na ocasião, o artista plástico chamou os PM´s de macacos. Ele foi preso, mas respondeu ao processo em liberdade. Jefferson é morador de Tamoios, distrito de Cabo Frio. Ele está preso na 128ª Delegacia Policial de Rio das Ostras (128ª DP), de onde será transferido nesta quarta-feira (15) para o sistema penitenciário. Alexandre Frota chegou a registrar queixa em uma delegacia de São Paulo para se proteger das ameaças.

Redação do Jornal Liga Patriótica

Redigido pela Redação do Jornal Liga Patriótica, extraído de diversas fontes

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo