Justiça

Eduardo Bolsonaro é o próximo alvo de Alexandre de Moraes por “questionar lisura de urnas eletrônicas”

218Leituras

Sob o comando do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, há uma investigação batizada de ‘organização criminosa digital’ da Federal (PF), com o objetivo, segundo o ministro do Supremo de ‘questionar ilegalmente a lisura das urnas eletrônicas’.

Segundo a apuração da PF, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, é apontado como um dos líderes do ‘núcleo’. A informação é do O Bastidor.

Ainda segundo o veículo, o nome do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos- RJ) e do senador Flávio Bolsonaro (Patriotas-RJ), também são citados no inquérito.

Ainda conforme o Bastidor, Eduardo Bolsonaro é apontado pelos investigadores de ‘coordenador’, que trabalha na interlocução com Steve Bannon, ex-estrategista de Donald Trump.

Encontro com Steve Bannon

Semana passada, o deputado federal pelo PSL, Eduardo Bolsonaro, se encontrou com o ex-estrategista-chefe da Casa Branca no governo Trump, Steve Bannon. A visita ao marqueteiro da extrema-direita americana aconteceu em Sioux Falls, no estado da Dakota do Sul, onde Bannon confirmou a parceria na campanha de reeleição de Jair Bolsonaro em 2022.

Leia também

“A eleição no é a segunda mais importante do mundo (depois dos EUA). Bolsonaro irá vencer (em 2022), a não ser que a eleição seja roubada, imagine só!, por máquinas!”, discursou Bannon. A fala foi publicada na social do colunista dos veículos Poder 360 e Veja, Thomas Traumann.

Bannon acompanha Bolsonaro desde sua campanha em 2018. Desde então, além de ser um “guru” do governo Trump, também se tornou conselheiro do presidente do Brasil.

Em 2019, na primeira visita de Bolsonaro à Trump, o ex-estrategista da Casa Branca foi convidado de honra ao lado do escritor conservador, Olavo de Carvalho.

Segundo o jornal o Estado de S. Paulo, a Federal tem monitorado as ações de Bannon sobre as urnas, eleições e brasileira.

Contribua com o Jornal clicando nos links de publicidade, fazendo este gesto gratuito, você estará contribuindo com a única fonte de renda deste jornal, de quebra nos ajudando a crescer e a oferecer um melhor e mais abrangente serviço de entrega de informação independente. Para contribuições em dinheiro, consulte esta página.

Redação do Jornal Liga Patriótica

Redigido pela Redação do Jornal Liga Patriótica, extraído de diversas fontes

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo