Geral

Depósito de armas romanas de mais de 2.100 anos é descoberto em ilha espanhola

318Leituras

Uma equipe de pesquisadores liderada pelo Instituto Universitário de Pesquisa em Arqueologia e Patrimônio Histórico (INAPH, na sigla em espanhol) da Universidade de Alicante, Valência, Espanha, descobriu no assentamento de Son Catlar, na ilha de Menorca, localizada a leste da Espanha, um depósito completo de materiais militares romanos, incluindo instrumentos cirúrgicos.

“Estamos equipando a nova sede do Museu da Ciutadella [em Menorca] de um espetacular conjunto de materiais”, comemorou Fernando Prados, professor de Arqueologia da Universidade de Alicante em comunicado. O especialista acrescentou que as descobertas são “espetaculares”.

Após um ano sem poderem escavar a região, os pesquisadores realizaram o achado neste mês de julho. A foi extremamente frutífera, reunindo inúmeros materiais que datam de cerca do século I a.C.

Além de projéteis, pontas de flechas, facas e instrumentos cirúrgicos, a equipe também encontrou uma antiga espátula de metal, tudo enterrado e atrás de uma porta selada.

Implicações sagradas podem ser atribuídas à porta que leva a uma cidade para os romanos.

“Os soldados romanos eram muito supersticiosos […] na época, o mundo das portas era carregado de magia. Os romanos davam um valor sagrado aos portões das cidades, e selá-los definitivamente implicaria em certas ações de caráter mágico”, explicou o arqueólogo.

O comunicado afirma que, embora não seja estranho encontrar esse tipo de material que foi achado, é, por outro lado, raro descobrir em tão bom estado.

Prados sublinhou que a razão pode ser justamente devido ao caráter do mágico e protetor que lhe foi atribuído pelos romanos na sua defesa contra os maus espíritos ao selar portas.

Fonte: Sputnik

Contribua com o Jornal clicando nos links de publicidade, fazendo este gesto gratuito, você estará contribuindo com a única fonte de renda deste jornal, de quebra nos ajudando a crescer e a oferecer um melhor e mais abrangente serviço de entrega de informação independente. Para contribuições em dinheiro, consulte esta página.

Redação do Jornal Liga Patriótica

Redigido pela Redação do Jornal Liga Patriótica, extraído de diversas fontes

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo