Política

Ameaça de “não haver eleições sem voto impresso” é invenção, apura Barroso

184Leituras

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, afirmou nesta quinta-feira (22) que teve conversas com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e com o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, e ambos negaram ameaça às do ano que vem.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

– Conversei com o da Defesa e com o Presidente da Câmara e ambos desmentiram, enfaticamente, qualquer episódio de ameaça às eleições. Temos uma Constituição em vigor, instituições funcionando, imprensa livre e sociedade consciente e mobilizada em favor da democracia – escreveu Barroso nas redes sociais.

A questão foi levantada após uma reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo” insinuar que Braga Netto teria enviado um recado a Lira, no dia 8 de julho, dizendo que, se não for aprovado o e auditável, não haverá em 2022.

Leia também

Na manhã desta quinta, Lira já havia afirmado ao blog da jornalista Ana Flor, da Globo, que era “mentira” a informação trazida pelo jornal “O Estado de S. Paulo” de que Braga Netto teria enviado um recado a ele com o tom citado pelo Estadão.

Ao chegar ao Ministério da Defesa, também nesta manhã, Braga Netto foi questionado sobre a reportagem e chamou o de “invenção”.

Contribua com o Jornal clicando nos links de publicidade, fazendo este gesto gratuito, você estará contribuindo com a única fonte de renda deste jornal, de quebra nos ajudando a crescer e a oferecer um melhor e mais abrangente serviço de entrega de informação independente. Para contribuições em dinheiro, consulte esta página.

Redação do Jornal Liga Patriótica

Redigido pela Redação do Jornal Liga Patriótica, extraído de diversas fontes

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo