Justiça

Amado Batista é processado após dizer que “Lula e filhos roubaram pra caramba!”

70Leituras

O cantor Amado Batista terá que prestar explicações declarações que deu de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus filhos teriam roubado “pra caramba” durante os governos petistas. As falas foram durante uma entrevista concedida ao programa Frente a Frente, da Rede de Rádio.

A decisão da 5ª Vara Criminal de Recife (PE), expedida na última segunda-feira (5), determinou que o artista terá um prazo de 15 dias para se manifestar.

Na entrevista, o apresentador Magno Martins comentou sobre um vídeo do do Turismo, Gilson Machado, mostrando que, “antes do Bolsonaro, o dinheiro brasileiro era investido para ajudar países comunistas”. Ao que Amado Batista complementou:

Leia também

“Além de roubar pra caramba, né? Além de ter roubado pra caramba. Existem pessoas que eram pobres antes do aqui, antes da , e que estão milionários hoje.”

Nesta segunda-feira (5), Lulinha, filho do ex-presidente petista, apresentou ao Tribunal de Justiça de uma queixa-crime por injúria contra o cantor.

“Presentes os pressupostos legitimadores da utilização do pedido de explicações em juízo, diante da dúvida objetiva em torno do conteúdo moralmente ofensivo das afirmações questionadas, notifique-se o interpelado para que, em querendo, manifeste-se no prazo de 15 dias.”, diz o despacho assinado pelo juiz José Anchieta Felix.

Contribua com o Jornal clicando nos links de publicidade, fazendo este gesto gratuito, você estará contribuindo com a única fonte de renda deste jornal, de quebra nos ajudando a crescer e a oferecer um melhor e mais abrangente serviço de entrega de informação independente. Para contribuições em dinheiro, consulte esta página.

Marcel Guazzelli

Deus, Pátria e Família Redator Chefe do Jornal Liga Patriótica Presidente do Instituto MORAL (https://institutomoral.com.br)

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo